segunda-feira, 10 de abril de 2017

SUA CARTEIRA DE VACINAÇÃO ESTÁ ATUALIZADA?

Entenda por que a imunização também é importante na fase adulta

A sua carteira de vacinação está em dia? Se você tem mais de 20 anos e não retornou aos postos de vacinação na fase adulta, provavelmente faltam algumas doses para deixar o seu corpo imune a vírus e bactérias.

Neste ano, o Ministério da Saúde fez algumas alterações no calendário nacional de vacinação. Confira, a seguir, quais vacinas estão disponíveis na rede pública e devem ser tomadas ou reforçadas em pessoas com idade entre 20 e 59 anos.

Hepatite B

A hepatite B é uma infecção sexualmente transmissível. Quando o vírus está presente no corpo, a transmissão acontece por meio do sangue, do esperma e do leite materno.

A vacina deve ser tomada em três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e segunda. Seis meses após a primeira dose, deve-se tomar a terceira.

Febre amarela

A febre amarela é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e é considerada uma doença gravíssima, por causa do alto índice de mortalidade.

Duas doses são suficientes para a prevenção, sendo que a segunda dose deve ser tomada dez anos após a primeira dose.

Tríplice viral

A tríplice viral foi criada para a prevenção de três doenças: sarampo, rubéola e caxumba. Duas doses devem ser tomadas quando a pessoa tem entre 20 e 29 anos; a última dose entre 30 e 49 anos.

Dupla tipo adulto

A vacina dupla tipo adulto previne a contaminação por difteria e tétano. A difteria é uma bactéria transmitida por secreções de pessoas infectadas. E o tétano é uma infecção causada pela toxina liberada por uma bactéria e afeta o sistema neurológico. As duas doenças também afetam o sistema respiratório. As doses são tomadas na infância e a cada dez anos deve-se tomar o reforço.

Antes de tomar qualquer vacina, consulte um médico. O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza as vacinas citadas em todos os seus postos de saúde. Cuide da sua saúde. Mantenha a sua carteira de vacinação sempre atualizada.

Por Lorrainne Silva / edição 1305 Folha Universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário