segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

CONHEÇA A DIFERENÇA ENTRE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA

Saiba como identificar cada uma das doenças

Dengue, zika e chikungunya são três infecções virais transmitidas pelos mesmos vetores: os mosquitos Aedes aegypiti e o Aedes albopictus.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, entre janeiro e dezembro de 2016, foram notificados 1.496.282 casos prováveis de dengue em todo o País. Já os casos de chikungunya, de janeiro a dezembro, totalizaram 265.554. Os casos de zika, por sua vez, chegaram a 214.193, entre fevereiro e dezembro do ano passado.

No mesmo ano foram confirmados, entre os meses de janeiro e maio, por meio de exames laboratoriais, seis óbitos pelo zika vírus: quatro no Rio de Janeiro e dois no Espírito Santo.

Não existe tratamento específico para as infecções por esses vírus. A orientação do Ministério da Saúde é a de que ao apresentar qualquer sintoma o paciente procure a unidade de saúde mais próxima.

Além disso, a pessoa deve ingerir bastante líquido e fazer repouso. Vale lembrar que alguns medicamentos, como ácido acetilsalicílico (AAS) e anti-inflamatórios, podem gerar complicações hemorrágicas, principalmente em caso de dengue.Por isso, caso apresente algum sintoma dessas doenças, ninguém deve se automedicar. As enfermidades possuem sintomas parecidos, mas algumas caraterísticas podem ajudar você a diferenciá-las.

Por Maiara Máximo / Foto: Fotolia / Arte: Eder Santos - edição 1297 Folha Universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário