quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS DE CAICÓ ENTRARÃO EM GREVE GERAL CASO PREFEITURA MANTENHA PROPOSTA DE PARCELAR SALÁRIO ATRASADO

Em assembleia realizada nesta quinta feira (19), servidores municipais decidiram que poderão realizar greve geral se prefeitura permanecer com a proposta de parcelar em cinco vezes salário de dezembro.

Assembleia deliberou votos contrários as propostas do Governo e encaminhou parada de advertência

Em reunião na quarta feira (18), sem a presença do prefeito Batata apenas com seus secretários, a prefeitura lançou aos representantes dos Sindicatos, uma proposta de parcelamento em até cinco parcelas do pagamento referente a dezembro, sendo que a prefeitura pediu para que os Sindicatos levassem para ser discutida na assembleia duas forma de realizar esse parcelamento. A primeira seria em forma de sorteio, onde determinado número de servidores receberiam seus salários integralmente na medida em que fosse sorteado neste período de 5 meses. A segunda seria a divisão igualitária mês a mês, de um total de R$ 763.000,00 disponíveis pela prefeitura a todos os funcionários, até se completar a folha de pagamento de cada um.

Em frente ao Centro Administrativo servidores dizem como poderá ser enfrentamento com a Gestão que se inicia: sem diálogo e sem propostas nem respeito, a luta é quem dará o tom

Ainda na assembleia desta quinta-feira, nenhuma das duas propostas oferecidas pelo Governo foram aceitas pelos servidores, que após votação decidiram realizar uma caminhada de protesto até a sede da Prefeitura, também foi votada uma paralisação de advertência para essa sexta-feira (20), onde iram ocupar as dependências do Centro Administrativo.

Segundo os Sindicatos, caso a prefeitura mantenha essa proposta de parcelamento em cinco vezes, as categorias iram paralisar totalmente suas atividades no município, decretando greve geral.

Com informações do blog Caicó Digital.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário