segunda-feira, 31 de outubro de 2016

A FALSA BUSCA PELO CORPO PERFEITO

Veja quais são as maiores queixas das mulheres e como melhorar a percepção de si mesma

Busca pelo corpo perfeito tem levado mulheres a morte.

Durante a conversa com as amigas, é normal que um dos temas seja a insatisfação com alguma característica do corpo. Uma pesquisa recente, realizada pelo grupo Vigilantes do Peso no Reino Unido, revelou que uma a cada sete mulheres se critica pelo menos oito vezes ao dia. E que a maioria dessas queixas está ligada ao peso e à aparência. Infelizmente, o exagero em criticar a si mesma pode atrapalhar a saúde emocional.

Segundo informações do jornal britânico Mirror, o estudo fez parte de uma campanha nacional que explorou a maneira negativa que as mulheres modernas enxergam a si mesmas. Participaram cerca de 2.000 mulheres de 18 a 60 anos. A maioria, 89%, faz elogios aos outros que nunca fez a si mesma e 46% delas admitiram que se criticam pelo menos uma vez antes de 9 e meia da manhã.

A explosão de pensamentos ruins é muito frequente na frente do espelho, porém se intensifica com a exposição da própria imagem nas redes sociais. Essa falta de autoconfiança pode causar problemas alimentares, desânimo, mau humor e timidez. Na hora da selfie, por exemplo, muitas jovens acabam desistindo da foto. Por isso, é ideal se aceitar e, se necessário, “adotar um estilo de vida saudável, pois é importante para construir um melhor relacionamento com você mesmo”, afirma Zoe Griffiths, responsável pelos programas de saúde pública do Vigilantes do Peso. Mas o que torna uma pessoa saudável de fato?

Em uma visita rápida em sites ou revistas para o público feminino, vemos alguma sessão com dicas para emagrecimento. Por que emagrecer se tornou uma obsessão para muitas? Porque para elas ser magra é sinônimo de beleza e saúde. Dessa forma, se enquadrar nos padrões estéticos atuais virou objetivo de vida.

Veja as 10 queixas mais comuns

- Estar muito gorda ou acima do peso
- Estar com o cabelo desarrumado
- Estar com a barriga grande
- Não fazer exercícios o suficiente
- Sentir-se mal-vestida perto de outra mulher
- Não ganhar o suficiente
- Estar em um “dia gordo” (quando come o que quer)
- Evitar certas peças de roupa por achar que não vai conseguir vesti-las
- Querer ser fotogênica como as outras mulheres das redes sociais
- Rejeitar elogios dizendo algo negativo sobre si mesma.

Verdadeiramente bela e saudável

- Manter uma alimentação de acordo com sua necessidade nutricional
- Escolher a atividade física que combine com você
- Respeitar os horários do sono
- Controlar o estresse
- Contemplar os pontos fortes de seu corpo e investir em roupas que o valorize
- Não regrar a vida nos modelos de beleza veiculados pela mídia
- Ser menos crítica consigo mesma e com os outros
- Cultivar um diálogo interno positivo e motivador
- Afastar a ideia de que a perfeição existe
- Não ser imediatista ao querer mudar a aparência ou o corpo. Toda mudança é um processo e exige paciência
Por Débora Vieira / edição 1282 Folha Universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário