segunda-feira, 30 de maio de 2016

LEI DA MORDAÇA E “IDEOLOGIA DE GÊNERO” NA EDUCAÇÃO - MAIS UMA TRAMOIA GOLPISTA

Não foi por acaso que de norte a sul do Brasil travamos uma cruzada com a pauta “ideologia de gênero” no Plano Nacional de Educação e nos planos estaduais e municipais na maioria dos estados brasileiros.

Os fundamentalistas, conservadores e que defendem a tradição /família e a propriedade botaram em campo seus exércitos, suas igrejas, que em sua maioria orientaram a Câmara Federal, as Assembleias Legislativas e as Câmaras Municipais que seria muito perigoso trabalhar com as relações de gênero na educação. Denominaram como uma pauta obscura.

Na concepção patriarcal, a educação precisa manter as mulheres resignadas, dominadas, dóceis, nos espaços privados, fora dos espaços de poder e por consequência fora da política. Consideram que trabalhar gênero na educação coloca em risco a sexualidade dos meninos e das meninas. Que estes temas fazem mal às crianças e adolescentes, e consideram que trabalhar as relações de gênero pode induzir as pessoas a serem lésbicas, gays e transexuais.

A face do conservadorismo da direita golpista onde joga todo o seu moralismo e atraso numa vala comum afirmando que queremos acabar com a família. Escancaram sua lesbofobia, bifobia, transfobia e homofobia, mentindo e criando uma falsa polêmica sobre uma ideologia de gênero inventada por eles. A retirada do gênero dos Planos Municipais, Estaduais e Nacional de Educação, faz parte da pauta conservadora em curso, que também se relaciona com a tramitação do Estatuto da Família que nega o direito à proteção do Estado às famílias LGBT e todas as outras famílias que fogem do padrão patriarcal e heteronormativo.

Negar para crianças e adolescentes o trabalho com as relações de classe, gênero, raça/etnia, orientação sexual e identidade de gênero e sem dúvida amordaçar, silenciar e reproduzir a cultura do estupro, fortalecendo o sistema machista da sociedade em que vivemos.

Neste cenário grotesco onde golpista vira presidente sem voto do povo, um estuprador confesso visita o ministro da Educação. Alexandre Frota é mais um dos golpistas, que apoia Temer. Este bandido truculento foi visitar o Mendonça Filho do DEM, mais um dos provisórios que dão atestado de retrocesso e perigo para as políticas públicas que conquistamos com tanta luta nos últimos 13 anos. Frota é mais um bandido solto que cometeu estupro, e defende ardorosamente o projeto escola sem partido. Infelizmente isso não é coincidência.

SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário