quinta-feira, 14 de abril de 2016

EDUCAÇÃO MUNICIPAL DECRETA GREVE GERAL

Motivos não faltam para justificar grau de indignação dos professores e demais funcionários das escolas do município em relação à forma como vem sendo tratados pela gestão municipal. A greve é a última solução.

Greve foi decretada depois de várias tentativas de acordos não cumpridos pelo governo municipal de Caicó

Escola desestruturadas, desrespeito ao Plano de Cargos Carreiras e Salários, não cumprimento do 1/3 da hora-atividade são algumas das razões que ajudam a entender o sentimento das categorias da rede municipal de ensino de Caicó.

O prefeito Roberto Germano, que já vem quebrando acordos feitos com os servidores da educação desde 2013, contribuiu para o agravamento dessa insatisfação após se negar, por 3 vezes consecutivas, ao diálogo com o sindicato representante da categoria.

Diante disso, os servidores decretaram, na tarde de ontem (13), greve geral na educação municipal em Caicó por tempo indeterminado, até que a gestão municipal, através do prefeito Roberto Germano, nos apresente uma proposta condizente para que possamos sair desse impasse.

Hoje (14) um debate estará sendo realizado as 14h no Salão de Eventos do CDS, com todos os servidores municipais para discutir PLC 257/16, que retira direitos dos servidores públicos das três esferas de governo: federal, estadual e municipal.

O Comando de Greve já está se organizando para visitar as escolas e locais de trabalho para fortalecer o movimento grevista.

Crise nas escolas, direitos desrespeitados, sistema educacional sem perspectivas. Quadro se agrava pela omissão governamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário