quinta-feira, 24 de março de 2016

BRASILEIROS CONSOMEM DUAS VEZES MAIS SAL DO QUE O RECOMENDADO PELA OMS

Três quartos do sódio ingerido são adicionados pelos próprios consumidores

Estudos revelam que a população brasileira consome o dobro de sal do que a quantidade sugerida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O recomendado pela organização é de 2 gramas de sódio por dia, no entanto, os brasileiros ingerem cerca de 4,46 gramas, segundo os dados da Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (ABIA).

O excesso de sal nos alimentos é um dos principais fatores que elevam o risco de doenças cardiovasculares e renais. Estimativas apontam que um quarto dos brasileiros sofre de hipertensão arterial por consequência desse consumo.

O governo tem se preocupado com esse cenário e tem tomado medidas públicas para monitorar o consumo e reduzir os índices de sódio dos produtos. Em 2011 foram celebrados acordos do governo com a ABIA para diminuir a quantidade do elemento químico nos alimentos industrializados. A meta é reduzir 28,5 mil toneladas de sal na mesa dos brasileiros até 2020.

De acordo com o Ministério da Saúde, de 2011 a 2012 foram reduzidos aproximadamente 1,3 toneladas de sódio de três classes de alimentos: pães de forma, bisnaguinhas e massas instantâneas.

Os hábitos

As medidas necessárias para as mudanças já estão acontecendo, mas o maior problema está no hábito alimentar da população. Muitos brasileiros não fazem um questionamento sobre o uso de algumas substâncias ou produtos, não se preocupam se faz bem ou não. Na verdade, esses hábitos estão impactando na sua saúde, na sua vida.

No início, mudar seus costumes pode ser penoso, mas a longo prazo você irá colher os benefícios dessa mudança.

Por Michele Francisco / edição 1249 folha universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário