quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

FINALMENTE O GOLPISTA CRISTOVAM BUARQUE DEIXA O PDT, BRIZOLA E JANGO AGRADECEM

Cristovam Buarque (PPS/DF) proferiu a seguinte frase antes de deixar o PDT: ''O país está decadente, e o Estado quebrou''.

Não poderíamos esperar outra coisa de um golpista "decano".

Quem não se lembra da eleição de 2006, onde ele, pateticamente, abraçou os candidatos Geraldo Alckmin e Heloísa Helena - no debate final do primeiro turno - e pediu ao Brasil que permitisse um segundo turno entre Lula e Alckmin.

A grande verdade é que Cristovam Buarque deixou o PT, em 2004, por mágoa. Principalmente após a demissão que sofrera no Ministério da Educação. Desde então, ele vestiu a "toga" de um robô com um alvo a exterminar, Dilma agora, Lula outrora.

O desejo de Cristovam em deixar o PDT não é recente. Com a chegada de Ciro Gomes, o Senador por DF viu que as chances de ser o candidato do partido à presidência em 2018 se anularem.

O PPS foi o "abrigo" ideal. Um partido que atua de forma auxiliar ao PSDB em nível nacional.

Juro que nunca entendi como um partido "socialista" pôde cair de braços abertos no colo da direita, além de atuar de forma golpista. Roberto Freire (PPS/SP), um dos expoentes da tentativa de golpe contra a Dilma, é o principal líder do novo partido de Cristovam.

Será que Cristovam Buarque realmente acredita que será candidato em 2018? Se acredita nisso é melhor se preparar para se engajar na aliança que será formada com o PSDB e DEM em 2018.

Percebe-se que a chegada dos irmãos Gomes ao PDT só fez bem ao partido, a começar pela saída de Cristovam.

Se vivo estivesse, o que João Goulart diria?

Não sei, mas não tenho a menor dúvida de que estaria triste, por Cristovam ter deixado o trabalhismo de lado, e feliz, pois Buarque tem representado - e muito bem - muitos dos algozes do Jango.

E o Brizola?

Acredito que diria que o PDT acaba de se tornar um partido ainda mais trabalhista. O que de fato acontece é que o PDT tem se apresentado como uma boa alternativa para 2018. O principal líder do partido na atualidade - Ciro Gomes - encena todos os princípios dos grande líderes do PDT do passado, além de tender a extirpar os golpistas que ainda estão no partido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário