terça-feira, 29 de dezembro de 2015

AFINAL, O QUE É DISCIPLINA?

Há um ingrediente imprescindível quando seu objetivo é ser uma pessoa excelente. Decifre-o e mãos à obra!

Disciplina é a capacidade de manter o foco nas tarefas necessárias para concretizar um objetivo, sem se dispersar ou perder a motivação. A dedicação precisa ser bem estruturada e contínua, se você quiser obter êxito. Nada de “perder o gás” e ficar no meio da jornada, vendo os outros prosseguirem até sumirem lá na frente.

E, venhamos e convenhamos, em um mundo cheio de estímulos externos, é fácil perder o foco. Se não houver uma determinação forte, defendida com unhas e dentes, logo você perde de vista o alvo e se distrai com coisas sem importância que são verdadeiras “ladras” de tempo. Acaba se dedicando a atividades que nada têm a ver com a sua meta de ser excelente. E, meu caro, se há algo que não se resgata quando perdido, é o tempo.

Então é preciso estabelecer um sistema organizado de defesas contra essa dispersão tão perigosa. Sim! Organização é a palavra. Sem ela, você já se perdeu antes mesmo de começar o caminho.

Mas, veja bem, isso não quer dizer que você tem que virar um robô, um autômato programado para a insensibilidade, um ser frio e calculista. Homens disciplinados têm sucesso na vida como um todo e isso significa equilíbrio entre trabalho, estudos, família, saúde, espiritualidade e – muito importante – lazer. Lembra-se daquele famoso ditado infantil “muito trabalho e nenhuma diversão fazem de fulano um bobão”? Pois é.

Mas há um detalhe fundamental: a disciplina, como dissemos, é um dos vários ingredientes da excelência e não a única matéria-prima. Ela só funciona em conjunto com os outros princípios que levam um cara a ser excelente. Mas é um componente que não pode ser substituído por um quebra-galho qualquer. Sem ela, é como se você juntasse quase tudo o que é preciso para fazer o concreto com o qual vai erguer um grande arranha-céu e se esquecesse de pôr o cimento! Ou seja, “só” faltou o principal.

Por Marcelo Rangel / edição 1238 folha universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário