terça-feira, 3 de novembro de 2015

VAI PIORAR: CRISE CLIMÁTICA PODE LEVAR 720 MILHÕES À MISÉRIA

Se não agirmos agora para reduzir o risco de efeitos mais severos das mudanças climáticas, 720 milhões de pessoas podem ficar em situação de pobreza extrema.

958055_237173 Mesmo com os alertas, população mundial resiste e não colabora para combater a crise

A conclusão é de um relatório do Overseas Development Institute (ODI), que afirma que erradicar a miséria é possível, mas depende de ações efetivas contra o aquecimento do planeta. Isto porque, se não controladas, as mudanças climáticas levarão ao aumento do que chamamos de eventos climáticos extremos – secas severas, mudanças no regime de chuvas, enchentes, aumento do nível do mar –, que, por sua vez, levam a deslocamentos populacionais, redução da produtividade no campo, escassez e aumento do preço de alimentos e a um consequente problema de nutrição.

Os dados baseiam-se nas estimativas de emissões no cenário business-as-usual – ou seja, se nada for feito em relação ao atual nível de emissões de gases causadores do efeito estufa –, em que a estimativa é de um aquecimento global próximo a 4ºC. O estudo afirma que, para que as medidas de erradicação da miséria se concretizem, o pico de emissões deve ocorrer em 2030, e que em 2100 as emissões devem ser próximas a zero.

O documento “Pobreza Zero, Emissões Zero” aponta que acabar com a pobreza extrema em tempos de crise climática é necessário e compatível. “A erradicação da pobreza não pode ser mantida sem profundos cortes dos grandes emissores de gases de efeito estufa”, sugerem os autores. “É incoerente para os grandes países emissores, especialmente os industrializados, apoiar a erradicação da pobreza como prioridade de desenvolvimento enquanto não mudarem a sua própria economia em direção a uma via de emissões líquidas zero”. Isto porque, diz o estudo, os custos de adaptação tornam-se implausíveis num cenário de aquecimento global acima de 2ºC até o fim do século.

Fonte: Da Carta Maior

Nenhum comentário:

Postar um comentário