quarta-feira, 7 de outubro de 2015

REDES SOCIAIS: USE COM MODERAÇÃO

Um fato que não pode ser negado é que a internet veio para ficar, e não estou aqui para demonizá-la. Sei que ela facilita a vida de várias formas, como no aprendizado, no comércio, nos transportes, na comunicação e ainda nos ajuda a estar mais presentes na vida das outras pessoas. Ao olhar por este ângulo, podemos dizer que ela uniu as pessoas, mas, por outro lado, também dividiu.

Nós interagimos por e-mails, blogs, webtvs, vídeos, mensagens, etc., mas, exatamente por termos ao nosso alcance uma ferramenta tão poderosa, precisamos nos educar a usá-la e assim termos um ganho positivo.

Segundo pesquisas, o brasileiro é vice-campeão em ficar mais tempo na internet. São quatro horas diárias envolvido em atividades como jogos, bate-papos, estudos e redes sociais. E justamente as redes sociais têm gerado as maiores mudanças no comportamento humano. Elas mudaram não somente os relacionamentos, mas a forma das pessoas consumirem e opinarem sobre tudo.

Há ainda aqueles que aumentaram seus rendimentos financeiros e também se projetaram profissionalmente e isso é muito bom. Não são poucas as pessoas que se expõem com o simples desejo de serem vistas e amadas. Sem contar aquelas que gastam um tempo precioso bisbilhotando a vida alheia.

O uso das redes sociais pode passar do normal para o vício em apenas um passo. Vemos pessoas que entraram com boas intenções de encontrar amigos antigos e se comunicar melhor com o seu círculo de amizades, mas verificamos, com muita tristeza, que alguns foram engolidos pelas ofertas tentadores de traição, fofoca, calúnias, mentiras, desejo de aceitação, popularidade, etc.

Portanto, saiba aproveitar o que de bom tem na internet e cresça. Eleja bem suas prioridades na vida e não correrá o risco de se perder nas propostas ilusórias oferecidas por aí.

Por Núbia Siqueira / edição 1226 Folha Universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário