quarta-feira, 7 de outubro de 2015

CONHEÇA UM POUCO MAIS A VITAMINA D

Ela é indispensável para a saúde, mas boa parte da população mundial ainda sofre com a carência desse nutriente

Muito se ouve falar da vitamina D, mas poucos sabem da grande importância que ela tem para o bom funcionamento do organismo. Essencial para os ossos, ela ajuda na manutenção do peso e no sistema imunológico. Outro diferencial é que ela é a única produzida pelo próprio corpo, por meio da exposição ao sol.

A falta dela é decorrência do estilo de vida: a maioria das pessoas trabalha ou permanece boa parte do dia em ambientes fechados. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse é um motivo que contribui para que metade da população mundial tenha quantidades insuficientes no organismo.

Sintomas
“Os sintomas de carência de vitamina D são fraqueza muscular, enfraquecimento ósseo, osteoporose e aumento de quedas e fraturas”, diz a endocrinologista Cíntia Yamazaki.

A profissional conta que existem grupos mais suscetíveis à deficiência da vitamina, como pacientes com síndrome de má absorção, mulheres na pós-menopausa, crianças, gestantes, obesos e idosos. Por isso, caso a pessoa apresente os sintomas, é importante que busque orientação médica.


A insuficiência da vitamina D é diagnosticada por meio de exames laboratoriais. Felizmente, aumentar seus níveis no organismo não é uma tarefa complicada. A vitamina pode ser encontrada em diversos alimentos, como leite e derivados, peixes gordos (como salmão, sardinha, atum), fígado e ovos (com a gema). A quantidade adquirida por meio dos alimentos é pequena, então, a melhor forma de obtê-la em altas quantidades é tomando sol. “Quando a radiação solar atinge a pele, ela estimula a produção”, conclui Cíntia.
 
Por Rafaella Rizzo / Arte: Eder Santos - edição 1226 Folha Universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário