quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

VALORIZAÇÃO DO SALÁRIO SÃO MARCAS DE LULA E DILMA

O desenvolvimento social foi a principal marca dos governos de Lula e Dilma. E a valorização da renda foi um dos instrumentos dessa decisão política estratégica. Calcula-se que o aumento real do salário mínimo chegou a 74%, que, associado à geração de mais 20 milhões de empregos, garantiram a ascensão social de todas as camadas da sociedade.

Em 29 de janeiro, o IBGE divulgou dados que confirmam o ganho no poder de compra no rendimento de todos os grupamentos de atividade econômica. Mas os grupamentos com os maiores aumentos percentuais foram aqueles com os menores rendimentos.

A Lei das Domésticas, por exemplo, impactou diretamente na renda desses profissionais, que em sua maioria tem o salário mínimo como base. De 2003 a 2014, um trabalhador doméstico elevou a sua renda em 69,9%, sendo o grupamento com maior aumento.

Segundo o IBGE, em 2014, o rendimento médio real domiciliar per capita (R$1.425,63) aumentou 2,4% em relação a 2013 e 49,6% comparado a 2003.

Nenhum comentário:

Postar um comentário