quarta-feira, 15 de outubro de 2014

SE FOR PRA NÃO SER IMPARCIAL É MELHOR NÃO FAZER MESMO

Sem acordo com candidatos, JN cancela entrevistas com Dilma e Aécio

Tendência do JN/Globo é manipular entrevistas pró-Aécio

As entrevistas com Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) programadas para a próxima semana na bancada do Jornal Nacional, da TV Globo, não vão mais acontecer. A informação foi confirmada nesta quarta-feira pela assessoria de imprensa da emissora, que disse que as campanhas dos dois candidatos não entraram em acordo com a direção do noticiário.

Segundo a assessoria, ambos já haviam concordado em participar das entrevistas, que seriam realizadas nos dias 20 e 21, segunda e terça-feira, respectivamente. Quando todos se reuniram para definir as regras e formatos, no entanto, houve impasse.

Os representantes das campanhas dos dois partidos quiseram que o tempo destinado às entrevistas, de 15 minutos, fosse computado apenas para as respostas dos candidatos, sem contar as perguntas dos âncoras. Por se tratar da semana decisiva do processo eleitoral, Dilma e Aécio estariam preocupados com a possibilidade de, devido à falta de tempo, não conseguirem esclarecer alguma questão levantada por William Bonner e Patrícia Poeta. A Globo negou alegando que isso seria inviável, pois reduziria demais o espaço das notícias do telejornal.

“A Globo comunica que, embora os candidatos tenham concordado em ser entrevistados pelo Jornal Nacional nos dias 20 e 21 de outubro, foram feitos pedidos quanto ao tempo e formato das entrevistas: postulava-se que a duração da entrevista excluísse o tempo das perguntas. Não foi possível se chegar a um acordo porque o tempo de produção do telejornal (excluídos os anúncios comercias), com o horário eleitoral obrigatório, é, em média, de 21 minutos. Sendo assim, as entrevistas não se realizarão”, disse a emissora, em nota.

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário