quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CAICÓ - ADMINISTRAÇÃO DE ROBERTO GERMANO EM DECLÍNIO

Sem planejamento, sem apoios e rodeado de problemas que exigem soluções imediatas, Roberto Germano leva seu governo ao fim antes da hora

Com seus candidatos derrotados nas eleições, Roberto se ver acuado sem o apoio do próximo governador

Um diagnóstico percebido no decorrer das eleições deste ano pelas ruas de Caicó foi à escancarada crítica a administração do prefeito Roberto Germano. Para a população, até agora, quase nada que apresente um diferencial administrativo ao governo do PMDB pode ser elevado a um grau positivo de avaliação. A crítica negativa a gestão de Roberto não é só dos caicoenses, a sua própria base aliada já demonstra insatisfações e aponta o próprio Roberto como o principal causador do desastre administrativo que, alguns tentam maquiar e jogar para debaixo do tapete.

Ainda segundo muitos dos que acompanham os problemas que rondam o governo municipal, Roberto tem pela frente muitos problemas a serem resolvidos, se é que ele terá tempo e condições políticas para resolver, pior ainda, porque o seus candidatos ao senado, governo e presidente foram derrotados, situação esta que deixa o prefeito em maus lençóis e sem opções, condição esta que poderá sufoca-lo administrativamente até o último suspiro.

Sem muitas opções e com um gama de problemas para apresentar soluções a curto e médio prazos, sem falar no avanço da estiagem que aprofunda os problemas da seca e da crise de abastecimento d’água no município, Roberto agrava ainda mais estes problemas quando, até este momento não conseguiu apresentar nenhuma solução, simplesmente porque não há planejamento nem projeções administrativas para tais soluções. Sua administração se esvazia pela falta de algo novo a se mostrar.

É como bem diz o ditado, tem governo que termina antes da hora e o de Roberto se enquadra neste diagnóstico.

Um comentário:

  1. Tá na hora de RG cantar o pula,pula

    Bacural arrependido

    ResponderExcluir