sábado, 4 de outubro de 2014

BANCOS PROPÕEM REAJUSTE DE 8,5%; PARALISAÇÃO PODE CHEGAR AO FIM

Nesta sexta-feira (3), após quatro dias de greve dos bancários, a Federação Nacional dos Bancos elevou a proposta de reajuste salarial de 7,35% para 8,5%, o que encaminha o movimento de paralisação para o final.

 Ao Vermelho, o dirigente nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Eduardo Navarro, informou que assembleias que serão realizadas na próxima segunda-feira à tarde para avaliar a proposta e indicar o fim ou não da paralisação.

Segundo ele, o reajuste proposto passou de 8% para 9%, o que representa ganho de 2,49% acima da inflação. O vale-refeição teve elevação de 12,2%, chegando a R$ 572 ao mês, ou R$ 26 por dia útil. Já a participação nos lucros e resultados (PLR) fica em 90% do salário mais um bônus de R$ 1.837,99, com um teto de R$ 9.859,93. Se o total ficar abaixo de 5% do lucro líquido, salta para 2,2 salários, com teto de R$ 21.691,82.

Da Redação

Com informações do Portal CTB

Nenhum comentário:

Postar um comentário