terça-feira, 9 de setembro de 2014

NOTA PÚBLICA DO PROFESSOR ROBÉRIO PAULINO SOBRE OS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO EM CONTRATOS DA PETROBRAS ENVOLVENDO O SR. HENRIQUE EDUARDO ALVES

Após a repercussão na imprensa nacional sobre o esquema de lavagem de dinheiro e distribuição de propina em contratos da Petrobras, que veio a tona na delação premiada do ex-diretor de abastecimento e refino da estatal, Paulo Roberto Costa, tornou-se público também o envolvimento do deputado e candidato ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, o senhor Henrique Eduardo Alves, nesse escândalo de corrupção.

Lamentamos que a Petrobras, que é a principal estatal brasileira e que outrora foi uma das maiores do mundo, esteja sendo lesada por interesses mesquinhos que visam o enriquecimento ilícito de uma cúpula da elite política brasileira e que roubem o dinheiro público que falta à população mais carente nos hospitais e escolas públicos, na segurança, na merenda escolar etc. A Petrobras, que é um orgulho do povo brasileiro, não pode servir para encher bolsos privados. A maioria do capital da empresa já foi privatizada, um escândalo.

Esperamos que as investigações empreendidas pela Polícia Federal apurem todos os indícios, que esclareçam o caso e que os envolvidos sejam julgados pela justiça. Ao mesmo tempo em que indagamos a imprensa potiguar: haverá silêncio sobre o caso?

Esperamos que a imprensa potiguar não se cale, não seja cúmplice para poupar esse senhor.

Esperamos que a imprensa norte-rio-grandense (jornais, rádios, TVs, portais, blogs etc.) divulgue amplamente este caso, sem omitir detalhes importantes da população do RN, sem cumplicidade com o grande esquema de interesses mesquinhos, chamado Acordão. Se o fizer, será a prova de uma imprensa servil, submissa aos interesses particulares, não uma imprensa independente.

Sobre o deputado e nosso concorrente Henrique Eduardo Alves só podemos afirmar com veemência que é completamente inaceitável que um candidato que figura como um dos principais suspeitos desse escândalo de corrupção seja eleito para o mais importante posto público do Estado. Confiamos que a população não deixará se enganar e rejeitará nas urnas o senhor Henrique Eduardo Alves, pois a articulação política que ele comanda, denominado Acordão, nada mais é que uma grande negociata para subtrair o dinheiro público e lotear a máquina pública entre seus aliados, renegando o povo a expectador de um teatro enlameado.

Natal/RN, 8 de setembro de 2014

Prof. Robério Paulino Candidato ao Governo do Estado do RN pelo PSOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário