quinta-feira, 7 de agosto de 2014

ESPECIALISTA ALERTA PARA RISCOS QUE ENVOLVEM OS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE


Identificar a ansiedade em excesso é importante para o tratamento

Conhecida muitas vezes como um fenômeno que pode beneficiar ou prejudicar, a ansiedade requer atenção, dependendo das circunstâncias ou intensidade em que ocorre. Estudos apontam para os transtornos de ansiedade como doenças relacionadas ao funcionamento do corpo às experiências da vida e estas podem levar ao indivíduo sérios problemas.

De acordo com Daniela Marinho, psicóloga do Hapvida, a psicologia busca compreender e trabalhar essa ansiedade, para que dessa forma, o indivíduo aprenda a administrar, evitando assim o quadro patológico. “A ansiedade é uma sensação normal e natural de todo ser humano e tem uma importante função, que é de nos alertar para situações de risco. Além disso, em certa dose, é considerada saudável, pois nos motiva ao progresso”, explica a psicóloga clínica.

Conhecida como um fenômeno normal, a ansiedade precisa de observação quanto traz sofrimento psíquico ao sujeito, ou seja, quando o paralisa ou o prejudica em alguma área da vida. “Pode atingir o desempenho das atividades de maneira geral, como estudo e trabalho, quando em nível elevado”, explica. Para evitar a situação desconfortável da ansiedade é comum pessoas deixarem de realizar ações simples do dia a dia, como usar um elevador, por exemplo.

Entre as estratégias de enfrentamento ao transtorno cada ser humano vai funcionar de uma maneira distinta. A psicóloga ressalta a importância do aprender a compreender a sensação de ansiedade e negociar com os próprios pensamentos, é um caminho. Para isso, existe a psicoterapia, que vai auxiliar o sujeito nesse processo. Além disso, a pratica de atividades físicas ou atividade prazerosa pode ser indicada como uma forma de externar essa energia.

Alguns sintomas

Os transtornos da ansiedade têm sintomas muito mais intensos do que aquela ansiedade normal do dia a dia. Eles aparecem como:

- Medo extremo de algum objeto ou situação em particular

- Medo, preocupações ou tensões exageradas (quando a pessoa não consegue relaxar)

- Pavor de ser humilhado publicamente

- Sensação incontrolável de que um desastre ou algo ruim pode acontecer

- Preocupações exageradas com saúde, dinheiro, família ou trabalho

Tratamento

São três tipos de tratamento para os transtornos de ansiedade:

- Medicamentos (sempre com acompanhamento e receita médica)

- Psicoterapia com psicólogo ou médico psiquiatra

- Combinação dos dois tratamentos (medicamentos e psicoterapia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário