segunda-feira, 7 de março de 2016

COMO LIDAR COM A RAIVA?

Não deixe que esse sentimento ruim assuma o controle da sua vida

Sentir raiva é algo comum em nossos dias. É um sentimento que, muitas vezes, provém da frustração diante de situações cotidianas nas quais perdemos o controle. Pode ser motivado contra alguém ou algo, mas se exterioriza, principalmente, quando nos sentimos feridos ou ameaçados. A raiva também pode ser uma emoção passageira ou prolongada e recebe outros nomes conforme a intensidade: rancor, ira, fúria, ódio, crueldade.

Tão importante quanto saber os diferentes nomes pelos quais é conhecida a raiva é saber lidar com ela e controlá-la. Existem inúmeras situações que nos fazem senti-la, mas, quando percebemos que estamos sendo injustiçados ou quando vemos alguém que sofre a injustiça, parece que a raiva aflora com mais facilidade.

A raiva é uma das emoções que estão mais presentes na vida moderna. Estando muito bem escondida dentro de nós ou expressada violentamente, ela nos incomoda e provoca culpa. A raiva pode preencher alguém com uma energia tão intensa que é quase impossível ficar por perto dela sem se sentir afetado.

Muitas são as reações: sentir raiva também, medo, constrangimento ou simplesmente incômodo. Pouquíssimos de nós ficariam indiferentes ou compassivos a ela. Quando essa onda furiosa passa, sobram a vergonha, o mal-estar, objetos quebrados, relacionamentos desfeitos, acidentes, e uma sensação muito grande de arrependimento.

Muitos tentam suprimir a raiva, mas, em estado de contenção ela só vai acumular-se e tornar-se cada vez mais poderosa. Bastará apenas um motivo, inclusive o mais bobo, para que ela seja totalmente liberada. E aquela pessoa que é sempre tão controlada, mostra-se totalmente modificada, transtornada, fazendo coisas inacreditáveis. E ninguém entende como algum motivo tão insignificante pode gerar uma reação tão avassaladora.

O que fazer?

Há uma série de atitudes que podem ser tomadas para tentar controlar a raiva. Quando estiver diante de alguém que lhe faz sentir raiva, conte até 10. Se não for suficiente, conte até 100. Respirar de forma profunda é uma boa forma de acalmar-se, já que respirações lentas abrandam o ritmo cardíaco. Por outro lado, exercícios aeróbicos, como a caminhada rápida ou a corrida, podem ser ótimos para lidar com o problema, pois liberam, no sangue, adrenalina e endorfina, substâncias que ajudam a acalmar e a controlar as emoções.

Também é possível tomar uma atitude, literalmente, mas no momento adequado: tenha uma garrafa de água sempre por perto e quando aquela pessoa de quem você sente raiva começar a falar, faça como se fosse tomar água, mas não engula ou cuspa o líquido. Segure a água na boca até que o desafeto pare de falar ou vá embora. Só então tome a água.

Escrever sobre o problema também permite que você abrande o sentimento ruim e ajuda a pensar qual a melhor forma de lidar com ele. Quando reagimos imediatamente a algo, a decisão é baseada na emoção. Então utilize a sua fé inteligente. A chance de resolver a adversidade da melhor forma é muito maior quando pensamos de cabeça fria.

Folha Universal

Nenhum comentário:

Postar um comentário