sexta-feira, 4 de março de 2016

POESIA PARA SEXTA-FEIRA

MISTÉRIOS
Zé Geraldo


Esse olhar, sempre fitando o infinito,
Envolto em mistérios,
Ainda trás a emoção de um
Brilho bonito.
Quantos já tentaram desvendar esse olhar,
Quantos já trilharam os atalhos
Tortuosos desse coração.

Eu não posso acreditar
Que a vida saiu pela porta e eu não notei
Que o cavalo passou encilhado e eu não montei.
Quando a banda passar
Vou jogar o meu corpo na rua.
E se o povo cantar
Vou colar minha boca na sua.

Vou sentir o cheiro do povo,
Vou sair pra vida de novo
Fazer tudo que até hoje não pude fazer
Vou vestir a minha seresta
Dividir o bolo da festa
Vou tentar salvar esse pouco que ainda resta
(...)

2 comentários:

  1. Bom dia amigo. Poesia de encher os olhos e o coração. Sua cara, um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia amigo. Poesia de encher os olhos e o coração. Sua cara, um abraço.

    ResponderExcluir