domingo, 20 de março de 2011

Reforma da Previdência não tem consenso entre governo.

  Segundo os resultados do seminário que discutiu o futuro da previdência social no Brasil, não vai ser fácil mexer nas regras da aposentadoria dos brasileiros. Especialistas e governo não conseguem defender um projeto em comum. Para o Ministro Garibaldi Alves, a previdência ainda é o sistema mais eficiente na distribuição de renda no país. Se não fosse ela, 23 milhões de pessoas estariam condenadas à situação de pobreza. Para Garibaldi, o sistema tem pela frente o desafio de manter o equilíbrio financeiro frente ao envelhecimento da população. Segundo o IBGE, os 20 milhões de idosos existentes hoje serão 64 milhões em 2050.

  O seminário foi promovido com o apoio do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA.

Fonte: Vânia Cristino - DN

Nota do BLOG: Toda atenção é pouca, reforma da previdência seja lá ela qual for, o pau só quebra no espinhaço do trabalhador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário